Apex-Brasil convida para participação na FILDA

A Apex-Brasil está organizando o pavilhão brasileiro na 33ª Feira Internacional de Luanda (FILDA), a ser realizada entre os dias 19 e 24 de julho em Luanda, na Angola. O espaço institucional poderá acomodar até 10 empresas brasileiras participantes e contará com longe para recepção, sala de reunião e mesas de atendimento com espaço para exposição de produtos e folders dos expositores.

A feira é multissetorial, mas a agência identificou oportunidades para exportação de produtos brasileiros sobretudo para os setores de casa e construção, alimentos e bebidas e máquinas e equipamentos.

Para participar, as empresas interessadas devem se inscrever até 20/05, por meio de formulário eletrônico disponível aqui. A classificação dos inscritos seguirá os critérios de compatibilidade da oferta de produtos, faixa de exportação em 2015 (Mundo, Mercado Africano e Mercado Angolano, de acordo com dados registrados no sistema de Business Inteligence da Apex-Brasil). Veja mais informações sobre condições de participação aqui.

As empresas selecionadas não terão custos para expor na feira, mas serão responsáveis pelas despesas com passagens, hospedagem, alimentação, transporte e envio de amostras para expor na feira.

Filda_2016

 

Planejamento estratégico: participe de nossa pesquisa de diagnóstico do setor

A cada biênio, o Instituto Nacional do Plástico e a Apex-Brasil alinham a formulação do Planejamento Estratégico para internacionalização do setor de transformado plástico, executado pelo programa Think Plastic Brazil. Durante este processo, a participação das empresas associadas é de extrema importância, por serem as principais demandantes e beneficiadas por esta iniciativa.

Já estamos trabalhando na formulação de estratégias para o próximo convênio a ser firmado entre INP e Apex-Brasil para o programa Think Plastic Brazil. Para apoiar esse processo, a empresa de consultoria chmcorpp (www.chmcorpp.com.br) irá contatar as empresas associadas ao programa, por e-mail, para aplicar uma pesquisa eletrônica, com o objetivo de fazer um diagnóstico do setor de transformados plásticos, bem como apresentar as sugestões de possíveis projetos para o novo convênio (setembro de 2016 a setembro 2018). Os projetos selecionados pelos associados na pesquisa serão considerados na priorização de ações que farão parte do Portfólio Think Plastic Brazil no novo biênio, que será executado para desdobrar as estratégias formuladas pelas partes envolvidas. O prazo para resposta é até 13 de maio de 2016.

Participe e ajude-nos a elaborar um planejamento ainda mais eficiente!

planejamento

 

Think Plastic Brazil faz campanha para atualização de conteúdo de associados em seu site

O Think Plastic Brazil está promovendo uma campanha de atualização de dados das empresas associadas em seu site.

Para isso, os representantes das empresas associadas foram convidados a acessar suas páginas no site do programa, clicando em “Empresas Participantes” no menu superior para avaliar se há necessidade de atualizar ou complementar o conteúdo disponível. Veja também se sua empresa possui descrição nas versões em inglês e espanhol. Para isto, clique na bandeira do país correspondente, na parte superior do site.

Após essa verificação, as empresas deverão indicar se desejam atualizar o conteúdo ou manter como está, por meio de formulário eletrônico disponível aqui. O formulário permite a inserção de novos dados e textos para o site, bem como o detalhamento do portfólio das associadas.

Nosso site é uma vitrine valiosa para sua empresa, que pode ser encontrada em nosso catálogo virtual por compradores internacionais. Mantenha-a sempre atualizada!

Além das informações requeridas no formulário (nome, telefone, e-mail, site e portfólio de produtos), as empresas podem enviar imagens a serem utilizadas na vitrine virtual (logomarca e imagens de produtos).

Ajude-nos a manter seu conteúdo atualizado!

Segunda edição do Design Export terá participação de associado do Think Plastic Brazil

A Apex-Brasil e o Centro Brasil de Design divulgaram na primeira semana de maio as empresas selecionadas para a segunda edição do Design Export, programa direcionado às indústrias brasileiras de qualquer setor ou região interessadas em desenvolver produtos e embalagens de bom design voltados ao mercado internacional.

Mais uma vez, o Think Plastic Brazil tem uma de suas associadas na lista. É a Yuze, fabricante de artigos para casa que tem no design um dos seus pilares. “Para nós, o design é uma ferramenta fundamental para atingirmos dois de nossos objetivos: a internacionalização e a inovação. Nossa expectativa é conseguir, com essa parceria, desenvolver uma expertise em mecanismos de acionamento rotativos e de fixação que queremos implementar em novos produtos do nosso portfólio”, disse Guilherme Eiras, gerent
e de negócios da Yuze.

Nesta edição, o programa Design Export proporcionará a oportunidade de desenvolvimento de produtos e embalagens inovadores voltados ao mercado internacional para empresas brasileiras que receberão consultorias, capacitações, apoio técnico e recurso financeiro para identificar a melhor oportunidade de inovação. Os consultores acompanharão todas as etapas do desenvolvimento do novo produto ou embalagem com a devida atenção ao processo de gestão do design criando uma cultura organizacional de inovação, design e exportação.

Em 2015, outra associada do programa – a Belchior, participou do Design Export. O resultado foi o Belcover, revestimento decorativo feito com plástico reciclável, ecológico e resistente, que se utiliza do conceito faça você mesmo (DIY, em inglês) e pode ser aplicado com diferentes layouts. O produto foi lançado na feira International Home & Housewares, em Chicago, nos EUA.

Yuze Design Export

Curso sobre barreiras técnicas às exportações de plásticos reúne associados em São Paulo

Em mais uma ação voltada para o treinamento e qualificação de seus associados, o Think Plastic Brazil reuniu mais de 20 representantes de 14 empresas para o curso Barreiras Técnicas às Exportações de Plásticos, oferecido em parceria com a Uno International Trade Strategy no dia 04 de maio em São Paulo.

O curso teve o objetivo de abordar as barreiras não tarifárias ao comércio exterior, em especial as barreiras técnicas, e seu potencial impacto no setor de plásticos, com uma abordagem prática e exemplos reais que afetaram exportadores brasileiros e as possíveis soluções. “A capacitação e qualificação de associados é um de nossos eixos estratégicos de atuação, para que possamos apoiar no desenvolvimento empresarial do setor”, afirma Marco Wydra, gerente executivo do Think Plastic Brazil.

O conteúdo atraiu fabricantes de produtos dos diferentes segmentos de atuação do Think Plastic Brazil: artigos para casa e utilidades domésticas, estruturas flexíveis e rígidos. Estiveram presentes representantes das empresas Embaquim, Expanflex, Fibrasa, Geraldiscos, Jaguar, Locomotiva, MGR,  Pabovi, Promoflex, Spiltag, Terphane, THR, Valfilm e Waleu.

O próximo evento de treinamento oferecido pelo Think Plastic Brazil será a palestra África – Perfil País: Angola, Nigéria e Moçambique, a ser realizada no dia 21 de junho, a partir das 14h, no escritório do programa em São Paulo. Para participar, faça aqui sua inscrição.

Barreiras Técnicas

 

IMG_3052 (1)

 

Think Plastic Brasil leva empresas brasileiras à Expo Pack 2016

O Think Plastic Brazil participará, entre os dias 17 e 20 de maio, de mais uma edição da feira Expo Pack. O estande do programa contará com a presença de 15 empresas brasileiras associadas que exporão no evento produtos como embalagens para cosméticos, filmes plásticos variados, embalagens para comida de pets, stand-up pouches, compostos e aditivos, bag in boxes, selos de indução, tampas, embalagens para medicamentos e muito mais. “A variedade de produtos presente no portfólio dos nossos expositores é um grande atrativo para os compradores internacionais”, afirma Cristina Sacramento, especialista em desenvolvimento de mercado para o segmento de estruturas flexíveis do programa.

A organização anuncia a expectativa de receber 25 mil visitantes de mais de 30 países na feira, que reunirá mais de mil empresas de mais de 20 países em uma área de 19 mil m².

As empresas que estarão no estande do Think Plastic Brasil na Expo Pack são: Camargo Embalagens, Copobras, Cromex, Embalagens Flexíveis Diadema, Embaquim, GDM Plásticos, Geraldiscos, Gerresheimer, Incom, Mega Embalagens, Spiltag, Terphane, Valfilm, Vitopel e Zaraplast.

Saiba mais sobre a participação brasileira na feira em nossa fan page no Facebook e na próxima edição de nosso informativo.

Expo Pack 2016

 

Think Plastic Brazil convida associados a participar de pesquisa para diagnóstico do setor

A cada biênio, o Instituto Nacional do Plástico e a Apex-Brasil alinham a formulação do Planejamento Estratégico para internacionalização do setor de transformado plástico, executado pelo programa Think Plastic Brazil. Durante este processo, a participação das empresas associadas é de extrema importância, por serem as principais demandantes e beneficiadas por esta iniciativa.

Já estamos trabalhando na formulação de estratégias para o próximo convênio a ser firmado entre INP e Apex-Brasil para o programa Think Plastic Brazil. Para apoiar esse processo, a empresa de consultoria chmcorpp irá contatar as empresas associadas ao programa, por e-mail, para aplicar uma pesquisa eletrônica, com o objetivo de fazer um diagnóstico do setor de transformados plásticos, bem como apresentar as sugestões de possíveis projetos para o novo convênio (setembro de 2016 a setembro 2018). Os projetos selecionados pelos associados na pesquisa serão considerados na priorização de ações que farão parte do Portfólio Think Plastic Brazil no novo biênio, que será executado para desdobrar as estratégias formuladas pelas partes envolvidas. O prazo para resposta é até 13 de maio de 2016.

Participe e ajude-nos a elaborar um planejamento ainda mais eficiente!