Notícias

Empresas participantes do Programa divulgam cases de sucesso sobre sustentabilidade

Internacionalmente o Think Plastic Brazil promove a conscientização sobre o plástico, apresentando, nos materiais impressos, estandes, releases e em suas mídias informações de interesse sobre a sustentabilidade do plástico. Para isso utilizamos as informações de atividades realizadas pelas nossas empresas participantes. Confira alguns dos cases selecionados sobre o tema:

Cromex

Valorização de plásticos reciclados

Referência nacional em masterbatches a Cromex auxilia recicladores com auxiliares como branqueadores ópticos e toners, o que amplia as possibilidades de uso e de aplicação dos produtos reciclados, incentivando o setor. “Estes produtos melhoram o aspecto da coloração da resina reciclada”, esclarece o especialista de produtos Giovanni Polesel Dias. Outro ponto alto do mix para o segmento é o novo extensor de cadeia, capaz de incrementar propriedades mecânicas e reológicas do reciclado. “Permite até exclusão do processo de pós-condensação para PET”, frisa Dias, completando o rol de insumos para reciclagem com elementos como redutores de odor com baixas tiragens (inferior a 15), antioxidantes, auxiliares de fluxo e reforços minerais.

http://cromex.com.br

 

Schwanke

Inovação em prol da sustentabilidade

 

A preocupação com a qualidade vai além do processo de fabricação, abrange também os cuidados com o meio ambiente. A Schwanke dedica pesquisas e tecnologias para confecção de produtos que sejam sustentáveis durante todo processo, incluindo uso e descarte.

O Pano Esponja e Pano para Limpeza Leve são exemplos de sustentabilidade unida com qualidade, pois utilizam matéria-prima renovável que, após o descarte, decompõe-se no meio ambiente sem causar danos. Além disso, as aparas resultantes da confecção de produtos como o Pano de Piso são reaproveitadas, sem gerar resíduos, tornando o processo sustentável.

www.schwanke.com.br

 

Condor

Reduzir, reciclar e reaproveitar 

A Condor é atualmente uma das maiores fabricantes de vassouras e escovas da América Latina. Uma das iniciativas para tornar seu processo de fabricação mais sustentável foi o desenvolvimento de uma cola à base de água, eliminando a utilização de solvente químico neste processo e o consequente descarte de seu efluente. Os produtos Condor da linha de limpeza contam com um percentual significativo de material reciclado na sua composição. A cada mês, cerca de 300 mil garrafas pet pós-uso – um total de 90 toneladas – ganham uma nova utilidade e são transformadas em cerdas para itens como vassouras.

De 2014 para 2016, houve um aumento de 56% para 58% na proporção de material reciclado em relação ao total de matéria-prima utilizada na fabricação dos produtos do segmento de limpeza. Esta iniciativa reduziu o impacto na produção destes itens e aumentou sua competitividade no mercado, com a garantia de manter a mesma qualidade dos produtos.

A Condor também recicla ou reaproveita mais de 70% dos resíduos sólidos gerados na fabricação de seus produtos. Os resíduos não aproveitados são segregados e encaminhados a empresas especializadas para destinação final.

https://www.condor.ind.br/

 

Copobras

Inovação e informação

Na trajetória de uma empresa líder de mercado, como a Copobras S.A., inovação e desenvolvimento sustentável precisam caminhar juntos. Essa filosofia norteou o lançamento recente de produtos biodegradáveis das linhas de descartáveis e flexíveis. Sem esquecer de outras tecnologias de apelo verde, como resinas de fontes renováveis, compatibilizantes e aditivos que facilitam a reciclagem.

Além disso, aposta na difusão das informações sobre as soluções inovadoras para o atual cenário do mercado consumidor. “Superar as expectativas dos nossos clientes e apresentar propostas de valor que proporcionam rentabilidade e desenvolvimento sustentável está em nosso DNA. Aliás, a palavra sustentabilidade faz parte do nosso perfil de competências”, pontua a gerente de Exportação da Copobras.

E assim nasceu o projeto “Innovation Day”, que já realizou seminários na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e, na próxima semana acontece no México, com compilações de informações sobre legislações, matérias-primas, recicladoras e dados essenciais às regras de ouro da produção plástica sustentável, que se baseia nos 3Rs da sustentabilidade – Reduzir, Reutilizar e Reciclar. “Muitas vezes, a comunicação das soluções disponíveis é pouco disseminada no mercado, e o Brasil, como um importante formador de opinião da cadeia global do plástico, assume este papel de auxiliar no entendimento e cumprimento das políticas mundiais de responsabilidade ambiental”, observa Katicia.

Os seminários envolvem diversos departamentos: Marketing, Compras e Engenharia de Produtos, garantindo assim uma visão sistêmica e eficaz das informações dentro da companhia.

www.copobras.com.br