Notícias

Poly Play: pregando a qualidade total

201309_01_PolyPlayO Poly Play foi o primeiro e único videogame desenvolvido para entreter a população da Alemanha Oriental, em 1985, então controlada pela União Soviética. A iniciativa não deu certo, apesar de ter oferecido jogos como Pac-Man no pacote. Com o mesmo nome da antiga companhia europeia, a Poly Play brasileira, foi fundada duas décadas depois, em 2004, em Santa Bárbara d’Oeste/SP. Os sócios Marcos Toma e Osmar Betini não apostaram no ramo dos jogos, mas assim como no mundo dos games, desenvolveram produtos de uso doméstico, e premiados pelo mundo.

“Nosso primeiro produto foi o prendedor de roupas com carinhas, lembra Toma, em entrevista ao Think Plastic Brazil. “Hoje temos clientes que vão de Walmart e Pão de Açúcar até Avon e outras grandes empresas. Vendemos para os dez maiores varejistas do Brasil.”

O pregador, feito com plástico de alta qualidade e com design exclusivo, é o carro-chefe da empresa. “Nossos produtos têm como premissa a multifuncionalidade com design e bom custo.” O design, diferencial que agrega valor aos itens, já rendeu prêmios internacionais à empresa – como o Red Dot Award e o Idea Brasil, ambos em 2010. “Nunca produzimos nada igual ao que já tenha sido produzido de alguma forma”, afirma. “Queremos sempre inovar, por isso buscamos parcerias com designers, agências como Questtono, Vifken, FarnéDesign.”

201309_01_PolyPlay_PrendedorO portfólio tem mais do que prendedores de roupa – há revisteiros, porta-condimentos, copos, porta-sabonetes e outros. São 30 itens, pelo menos. Hoje a Poly Play abastece as principais cidades brasileiras, onde haja lojas das redes varejistas parceiras. “Como eles também atuam em outras regiões, são global players, olhamos para mercados da América Latina”, conta. “Começaremos por Chile, Peru, Uruguai e Colômbia, e a partir daí visualizamos México e EUA.”A previsão é participar, já em 2014, de eventos nesses países da América do Norte para “mostrar os produtos”.

O segredo da empresa é tentar entender a necessidade do consumidor. “A cantoneira de banheiro tem um formato diagonal para a parede; o cabide tem um zigue-zague; os prendedores têm várias funções, de fechamento de embalagem a presente de casamento.” O que buscam resume- se em apenas uma palavra: multifuncionalidade.

www.polyplayplasticos.com.br

Fonte: Think Plastic Brazil