Notícias

Projeto Comprador: executivos enfatizam busca por inovação

Buscando facilitar a interação comercial entre compradores latino-americanos e exportadores brasileiros, o Think Plastic Brazil promoveu, no último dia 27 de fevereiro, a quadragésima edição do Projeto Comprador.

TPB201403_03A rodada de negócios foi voltada para o segmento de Embalagens Flexíveis sob a tutela de Cristina Sacramento, especialista de mercado para Embalagens Flexíveis do Programa. “A gente predetermina e convida potenciais compradores para visitar o país e faz um matchmaking para reunir empresas brasileiras que possam oferecer produtos de interesse”, explica Cristina. “O Brasil abriga toda a cadeia produtiva do plástico e pode oferecer preços competitivos”, completou. Desta forma, evita-se perda de tempo e de recursos, além de otimizar o negócio para ambas as partes.

Participaram do evento quatro importantes players da América Latina, sendo eles a Cia. Nacional de Chocolates e a Zenu, da Colômbia; a Nestlé Venezuela e a mexicana Sigma Alimentos, que compareceu com dois executivos. Durante as rodadas, os brasileiros tiveram a oportunidade de apresentar seu portfólio de produtos, trocar ideias e experiências, e fazer negócios. Para Nestor Luna Marroquin, gerente de tecnologia da Sigma, maior indústria no segmento de carnes da américa, cerca de 18% da produção é baseada em novos produtos. “Para nós é muito importante a inovação, e esperamos encontrar alternativas e oportunidades”, conta o gerente. José Segura, gerente de desenvolvimento de produtos da mesma empresa, completa: “Sabemos que o Brasil está crescendo muito, e também buscamos sustentabilidade e logística, já que é um país próximo”.

Muito além do dólar

Para os associados do Programa, o evento abre novos horizontes. “A nossa empresa vai dobrar a capacidade de produção neste semestre e aqui podemos ter contato com players importantes”, reforça Flávia Silveira, executiva de desenvolvimento de produto da Terphane, que descobriu na Nestlé Venezuela um potencial comprador para seus produtos. Elvis Leonardo Vieira, gerente de compras da Nestlé Venezuela, foi o executivo convidado que a recebeu. “O evento é muito organizado e interessante. Descobri que a Terphane já exporta para a Venezuela, o que torna as coisas muito mais fáceis”, argumenta o executivo. Ainda, Cristiane Horvat, da Embaquim, afirmou que já possuem contato comercial com instituições venezuelanas. “Nós já exportamos para eles e agora tivemos a oportunidade de conhecer pessoalmente a pessoa responsável”, argumenta. “As exportações já são 10% do faturamento da empresa”, explica Horvat.

Os estrangeiros também pensam em economizar ao negociar com o Brasil. Eduardo Suarez, coordenador de compras da Zenu – líder Colombiana no segmento de carnes processadas -, busca economia fazendo negócios aqui. “Observar novas alternativas e a concorrência é muito importante, e também pretendo buscar economizar por sermos países vizinhos”, explana Suarez.“Já estamos conversando com algumas empresas e espero que nos aproximemos ainda mais”, finaliza.

O Brasil é o maior país da América Latina e um dos maiores produtores de plásticos mundiais. Este fator, aliados às condições geográficas e uma malha de transportes densa, fazem com que as empresas encontrem facilidades em fazer negócios com o país. O Projeto Comprador é uma ferramenta para salientar estas qualidades e agilizar o contato, promovendo negócios.

 

Fonte: Think Plastic Brazil